Home > Núcleo Coração Materno > Como tudo começou…

Em 1977 meu pai tinha o sonho de construir uma creche para as mães que necessitavam de um lugar seguro para deixar seus filhos, enquanto estivessem no trabalho e que esse atendimento fosse gratuito.
Surgiu então um benemérito, o Sr. Ubaldo Guido Puppi que doou o terreno, na Freguesia do Ó, para que o “Rotondaro pudesse fazer sua creche”. Muitas pessoas se envolveram nesse projeto e embora a maioria tivesse desistido no meio do caminho, em 1984 , no mês de outubro, a creche estava pronta! No mês de dezembro as primeiras crianças começaram a frequentá-la.
Ao longo dos primeiros anos o número de crianças foi aumentando graças aos recursos financeiros advindos do convênio firmado com a PMSP.
Em 1987, o trabalho toma outro porte com a implantação do CJ – atual CCA.
O CCA, desde o seu início teve um caráter educacional, enquanto a creche havia sido criada dentro de uma visão assistencialista comum naquela a época. A estrutura do prédio e as atividades da creche eram pensadas para se garantir às crianças cuidados de higiene, alimentação e saúde.
As parcerias com a PUC de São Paulo e a Prefeitura foram importantes para o processo de mudança de paradigma em que, uma melhor compreensão do trabalho permitiu aliar ao trabalho aspecto educacional. A creche virou um Centro de Educação Infantil sendo hoje, supervisionada pela Secretaria de Educação.
Em abril de 1992, meu pai desencarnou e alguns meses depois, numa assembleia no Centro Espírita Irmão Itajubá, foi fundada uma entidade leiga e independente, conforme orientação do poder público, que daria continuidade ao trabalho – o Núcleo Coração Materno.
Passaram-se 30 anos desde a fundação da “creche”….
Com a criação do Núcleo de Convivência de Idosos em 2008, no Jd. Princesa, completamos o ciclo: crianças, adolescentes e idosos.
Educar e amparar num ambiente afetivo e que visa a promoção do indivíduo é nosso ideal.
Os funcionários, voluntários, parceiros e colaboradores eventuais viabilizam esse ideal.
Francisco Rotondaro

4 Comentários, RSS

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados em

*

UA-54330905-1